"Tudo é bom quando é excessivo" Marquês de Sade by Lady Red. #fetichebrcom

Atualizado: Set 2

As duas tendencias com mais sucesso que são mais conhecidas pela literatura dos seculos XVIII e XIX são devidas aos livros do francês Donatien Alphonse François de Sade 1740-1814, conhecido como Marquês de Sade e os de Leopold Ritter von Sacher-Masoch, o primeiro daria seu nome as praticas conhecidas como Sadistas e o segundo as Masoquistas.


O Sadismo consiste numa serie de condutas sexuais pelas quais seus praticantes alcançam o prazer com a dominação física ou psicológica sobre ou outros. Em seus inícios e até o segundo terço do seculo XX o Sadismo foi interpretado como sinônimo de crueldade sexual, aonde o dominador se comportava de uma forma violenta e incluso sanguinária.


As praticas sadistas mais habituais hoje em dia poderiam denomina-se sadismo light pois representa uma pratica sexual comum, de alcance limitado e de danos o ferimentos controlados y normalmente não cumpre los critérios clínicos de um transtorno parafílico importante que possa vir a produzir danos realmente graves aos participantes. E importante salientar aqui, que todas as praticas sadistas tem que ser consensuais em todo momento, não pudendo ser extrapolado o conceito para permitir uma dominação permanente sobre terceiros sem sua anuência, isso poderia ser qualificado como crime de violência de gênero.


Por outo lado existem as praticas masoquistas, que são aquelas que comportam situações nas quais uma pessoa sente prazer ou excitação sexual ao ser humilhada, espancada ou maltratada. A dor infringida a um masoquista pode ser física ou emocional e normalmente requer a participação de um sujeito dominante, existem auto-sádicos também, que o bem seja um sadista e possa desfrutar com seu domínio o bem seja um profissional bem treinado que consiga satisfazer ao masoquista.


Nas relações sexuais comuns e frequente que exista um certo grau de praticas de sadismo ou masoquismo sendo que os casais as procuram livremente, ataduras com algemas, cordas o lenços, umas tapas o mordidas leves durante o ato sexual são procedimentos normais que poderiam ser consideradas sadomasoquismo light e sempre que se repetem os limites que foram estabelecidos previamente. Recentemente alguns estudos estão afirmando que os praticantes de BDSM não só não apresentam em geral qualquer tipo de alteração mental, senão que demostram um perfil de bem-estar superior aos não praticantes.

Para os iniciantes em BDSM, de acordo com as minhas experiencias, recomendo começar o conhecimento deste mundo com a participação nas técnicas de privação sensorial, imobilização e açoites. Estas praticas de iniciação seriam as menos agressivas e permitem ao iniciante uma toma de contato leve com o mundo BDSM donde poderá observar o ritual excitante da cena baseado nas roupas apropriadas, látex, vinil, couro, etc, junto a correntes, algemas, arneses, coleiras assim como os códigos de conduta a serem seguidos.


E importante salientar para os iniciantes que o mero fato de ser sujeito passivo durante as praticas de BDSM não é exclui a propriedade de uns direitos que tem que ser respeitados em todo momento:



Direito ao Respeito: O submisso tem o direito a se respeitar e ser respeitado em qualquer situação. Ser submisso só descreve sua natureza e seu caráter e isso não significa nenhuma subvalorização como pessoa.


Direito a Segurança: O Submisso tem direito a que prevaleça a sua segurança e integridade física. Ser submisso não significa viver com medo, inseguro ou em situações de alto risco.


Direito a falar NÂO: O submisso tem o direito sempre a falar não quando uma prática o uma cena não seja de seu agrado. Ser submisso não significa carecer de opinião o de gostos e isto tem que ser respeitado sempre.


Direito ao Orgulho: Ser submisso não faz de ninguém ser um inferior, o faz ser diferente. Ter orgulho e não sentir nenhuma vergonha é um direito inalienável.


Direito a Felicidade: Um submisso não é um miserável emocional que tenha que sofrer permanentemente ou passar todas as atividades da sua vida sometido. O submisso deve alcançar a felicidade, a paz e a satisfação pessoal pela dominação.


LadyRed 2020

® fetichebr.com Todos os direitos reservados.

117 visualizações

Você pode falar comigo agora

Tel. Wpp.  + 55 61 98241 6389
ENVIE UM EMAIL OU LIGUE SE TIVER DÚVIDAS
 
OBSERVAÇÃO
Para preservar a confidencialidade de seus clientes Lady Red jamais iniciará uma conversação nem entrará em contato oferecendo serviços ou promoções, limitando-se a responder as mensagens enviadas por eles quando foram realizadas.
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
contato@ladyred.com.br
BRASÍLIA DF  -  BRASIL

2020 FETICHEBR.COM  TODOS OS DIREITOS RESERVADOS