Animal Role Play by LadyRed

Atualizado: Set 25

Petplay e a palavra inglesa que define o animal de estimação sendo isso e o que acontece na cena do animal role play donde o submisso se transforma de humano a animal, pode ser um cachorro, um pônei, um gatinho, um coelho, etc. e desde o inicio neste jogo a distribuição dos papeis está muito clara, o submisso e chamado e se deve comportar sempre como o animal definido na cena e a Dominatrix sempre estará no controle tratando a mascote como o que ela realmente é, um animal.


Latir como um cachorro, miar como um gato ou relinchar como um cavalo fazem parte desta brincadeira na qual o submisso é conduzido e mantido rastejando de quatro pela coleira ou pela guia e também deve aceitar tapas ou outras medidas educacionais. Este fetiche ocorre no mundo BDSM porque as brincadeiras com animais frequentemente envolvem uma variante da forma de dominação e submissão habitual do submisso.


O jogo do rol não e novo, desde tempos imemoriais as pessoas se vestem de animais para ficarem sexualmente excitadas. Em varias culturas como na romana por exemplo, as pessoas costumavam nas festas a vestir-se como cavalos para ter interações sexuais. Num antigo livro romano - Metamorfoses de Apuleio -  que trata das aventuras mágicas e sexuais de Apuleio, aonde ele se transformou em um burro e partiu para uma série de aventuras de todo tipo o que talvez tenha sido a primeira forma de Pony Play registrada.


As brincadeiras com animais podem servir como uma fuga relaxante da realidade para um submisso, sendo que alguns querem imitar o comportamento de um animal (latir, rastejar de quatro, comer de uma tigela), enquanto outros têm mais empatia com o mundo do pensamento de um animal (ser acariciado, obedecer). Outros ainda preferem brincar de animal agressivo que deve ser levado à ordem por seu dono ou também podem ficar excitados com a ideia de que está representando algo diferente de sua própria forma física. A brincadeira do animal de estimação também pode atuar como uma forma especial de humilhação, sendo que isso depende inteiramente de como o sub se comporta habitualmente em relação ao dominante.

Cada animal tem características especiais que também são vividas na dramatização, por exemplo, existem cães ferozes que precisam ser estritamente treinados, trancados em gaiolas e mantidos na coleira. Mas também gatinhos brincalhões que precisam de muito carinho e atenção. Em princípio, todos podem brincar com o animal de estimação com quem mais se identificam. Cães, porcos domésticos, pôneis e gatos são os mais comuns.


Quando você faz a encenação de animais, uma roupa adequada não é obrigatória porque o submisso ainda pode fazer a encenação sem todos os tipos de coisas, mas ainda assim, uma roupa adequada torna a dramatização muito mais realista. Além disso, o submisso vestido adequadamente pode assumir o papel de cavalo ou cachorro mais rapidamente se também estiver vestido como a cena requer. Normalmente, o sub se assemelha ao animal que ele ou ela está jogando tanto quanto possível, sabendo que as brincadeiras de sexo com animais estão proibidas nesta cena o que lhe da prazer é a submissão cega a sua dona.


As motivações que levam a um submisso a participar deste jogo podem ser muito variadas e quando perguntados eles normalmente o que precisam e sair da rotina diária, do estresse do trabalho e fundamentalmente da responsabilidade, um deles me confessou: Eu sou o diretor de uma empresa internacional e tenho que trabalhar muitas horas por dia com alta concentração no que faço. Para ser diretor o estresse é permanente e eu simplesmente não consigo fazer nada ou pensar em nada mais que nas minhas tarefas e responsabilidades. Como cão, me liberto dessa responsabilidade. É por isso que me identifico com o cachorro que depende totalmente de seu dono, se entrega a ele incondicionalmente e também recebe carinhos e não tem responsabilidades.”


Rol de Gatinho: No jogo de gatinhos, o submisso joga como um felino e a dominante é a sua dona e se o gatinho está se comportando, não demora muito para começar a distribuir carinhos e lambidas ao dono. Ter  acessórios de brincar para gatinhos como orelhas de gato, cauda e bigodes ou máscaras especiais para gatos podem tornar a cena ainda mais realista.


Rol do Pônei: O jogo de pônei é um jogo de papéis em que o submisso assume o papel de um cavalo e o dominante o de dono que também pode se movimentar nas costas do sub.

Para esta cena e relevante o equipamento normal de um cavalo: uma mordaça, coleiras com rédeas, antolhos, uma cauda ou uma sela e a roupa geralmente é complementada com acessórios de couro. A Dominatrix geralmente se veste como um cavaleiro com calças justas, botas de cano alto e uma blusa elegante com jaqueta e capacete. Além disso, um emocionante chicote de equitação não está faltando em suas mãos.


Rol do Cachorro: A brincadeira do filhote de cachorro também é uma forma de brincar com o animal em que o submisso assume o papel de filhote de cachorro ou cachorro adulto e o dominante, de dono ou treinador. Como  acessórios de brincar para filhotes  pode pensar em atributos como uma bela coleira de couro para amarrar o cachorro, tampões de rabo de cachorro ou uma mordaça de silicone no formato de um osso. Existem até  máscaras de cachorro  para que a imitação de um cachorro se torne ainda mais real. Além disso, você pode usar uma gaiola e um comedouro de cachorro para que o submisso possa ser tratado como acontece com os cães.


Rol do Coelhinho: Na brincadeira do coelho, o submisso assume o papel de um coelho. Frequentemente, é uma forma um pouco mais branda de brincar com os animais. Mas às vezes você pode se enganar sobre isso, porque os coelhos também podem ser perigosos de vez em quando. Existem vários plugues de rabo de coelho bonitos para se vestir como um coelho e além disso, as conhecidas orelhas de coelho não devem faltar na cabeça do submisso.


Rol do Porquinho: Brincadeira de porquinho também é uma forma diferente de brincar com animais, aonde o sub brinca que ele ou ela é um porco. A Dominatrix é o dona do porco e deve mantê-lo na linha já que tem tendência a desobedecer. No jogo do porquinho um  plug anal com cauda encaracolada é uma necessidade  absoluta e além disso a Dominatrix sempre pode manter o porco sob controle com uma coleira e um chicote.


LadyRed 2020

® fetichebr.com Todos os direitos reservados.

45 visualizações

Você pode falar comigo agora

Tel. Wpp.  + 55 61 98241 6389
ENVIE UM EMAIL OU LIGUE SE TIVER DÚVIDAS
 
OBSERVAÇÃO
Para preservar a confidencialidade de seus clientes Lady Red jamais iniciará uma conversação nem entrará em contato oferecendo serviços ou promoções, limitando-se a responder as mensagens enviadas por eles quando foram realizadas.
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
contato@ladyred.com.br
BRASÍLIA DF  -  BRASIL

2020 FETICHEBR.COM  TODOS OS DIREITOS RESERVADOS